Procuradores de quatro estados declaram-se contra o uso da cloroquina

Procuradores de quatros estados (São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco e Sergipe) declararam-se contra o protocolo do governo federal, que adotou o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina no tratamento do coronavírus.

As recomendações e ofícios foram enviados ao Ministério da Saúde, à Anvisa, ao TCU e ao Conselho Federal de Medicina. Eles também criticaram o baixo número de testes realizados no Brasil.

O Ministério Público Federal alegou que o Ministério da Saúde não respeitou o processo estabelecido pela Anvisa para o registro de medicamentos, informa o jornal O Estado de S. Paulo.

No último dia 20, o Ministério da Saúde publicou um novo protocolo para o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina, permitindo a utilização em pacientes na fase inicial da doença.

MAIS: “Testes com a hidroxicloroquina estão suspensos, anuncia OMS”.

Fonte: Revista O Oeste