PREJUÍZO : Ventania destrói 60 hectares de banana em Cariús

Cariús. Uma ventania destruiu cerca de 60 hectares de banana da variedade pacovan na localidade de Maurícia, zona rural deste município, na região Centro-Sul do Ceará na noite de domingo, 14.

Os produtores rurais ainda não totalizaram o prejuízo, mas o clina entre os fruticultores é de desolação. Nas roças, as bananeiras estão caídas e é preciso pelo menos dez meses para a produção ser retomada.

Este é o quinto ano seguido que se registra destruição de bananal por causa de ventos fortes na região.

As áreas atingidas ficam localizadas no entorno do Rio Jaguaribe e formam um dos maiores corredores de produção de banana do Ceará. O problema recorrente ocasionou no período queda seguida de safra, desestímulo entre os fruticultores e redução das áreas cultivadas.

Geralmente, a ventania vinha ocorrendo no final do mês de dezembro e atingia áreas variadas nas localidades de Cardoso, Quixoá, Barro Alto em Iguatu, e Maurícia e outros sítios em Cariús.

Pelo menos cinco produtores foram atingidos pelo vendaval somente na localidade de Maurícia, segundo chegou a informações de queda de bananeiras, embora em menor escala, em outros sítios

Para iniciar o plantio em uma área de um hectare há um custo médio de R$ 25 mil. A variedade mais atingida é a pacovan, cujo pé têm o caule fino e atinge uma altura de cinco metros. Esse porte frágil facilita a ação do vento. Já a variedade nanica (casca verde) tem tronco mais grosso e é de altura reduzida, não é atingida pelo ventania, mas é um fruto mais destinado às fábricas de doces.

Fonte: Blog Diomar Araujo