Politica: O Ceará é o quinto estado nordestino em volume de recursos investidos pelo PAA.

Entre junho e novembro, o Programa de Aquisição de Alimentos distribuiu 834.346,12 quilos de alimentos para 250.914 pessoas em situação de vulnerabilidade social. Liderado pela Secretaria de Desenvolvimento Agrário, o programa realizado em parceria com o Ministério da Cidadania contou com um investimento de R$ 3.820.743,21 e gerou renda para 3.082 agricultores familiares.

Os dados integram o balanço da SDA e foram apresentados no final de dezembro.

O objetivo do programa é fortalecer a produção da agricultura familiar, beneficiando entidades socioassistenciais e pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional. Entre maio e junho, também de 2020, o Programa de Aquisição de Alimentos – Compra com Doação Simultânea (PAA-CDS) já havia executado uma edição extra do programa, em decorrência da pandemia de Covid-19, e atendeu 103 mil vulneráveis socialmente com a entrega de mais de 439 toneladas de alimentos.

O Ceará é o quinto estado nordestino em volume de recursos investidos pelo PAA. De acordo com Mônica Macedo, coordenadora estadual do projeto, outro ponto de destaque do PAA é a forte participação das agricultoras familiares. “Neste momento de pandemia, estamos garantindo que nosso agricultor não perca a produção e que melhore a alimentação dele. Esses recursos melhoram a economia local e os produtos suplementam a alimentação daqueles que passam dificuldade”, frisa.

Fonte: G F/MBCnews