Politica: Nova gestão pede inquérito policial em Farias Brito.

Um documento assinado na última segunda-feira (4) pelo procurador-geral de Farias Brito, Jeronimo Correia de Oliveira, e pelo secretário dos transportes, Cícero Osmanio Pereira Silva, solicita a abertura de um inquérito policial para apurar a situação dos transportes municipais que fazem a rota da Secretaria de Educação.

O texto relata que, dias posteriores à eleição, prefeito em exercício provocou a instalação da comissão de transição, composta por oito membros, quatro indicados pelo prefeito eleito e quatro indicados pelo atual prefeito. O processo de transição teria iniciado no dia 24 de novembro de 2020. Entre as diligências verificadas no procedimento, houve a visita técnica à garagem da Prefeitura, que identificou que os ônibus da Educação, destinados ao transporte escolar do município, estavam funcionando.

No dia 30 de dezembro de 2020, o membro da Comissão de Transição Município Cícero Osmanio Pereira e Silva e o servidor público, Antônio Waltene Fernandes de Alcântara, compareceram na garagem da prefeitura para combinar a entrega das instalações, que seria entregue no dia 1º de janeiro de 2021, nas primeiras horas da manhã. O que não aconteceu. Ao adentrar no prédio, verificaram que os ônibus estavam baterias.

Fonte: GF/MBCnews