Nacional: Eduardo Girão assina pedido de abertura de investigação contra o Governo Federalem relação ao orçamento paralelo.

O senador Eduardo Girão (Podemos) assinou requerimento para abertura da “CPI do Bolsolão“, que deve investigar suposto esquema de orçamento secundário que, em tese, teria desviado até R$ 3 bilhões para parlamentares em troca de apoio ao presidente Jair Bolsonaro no Congresso.

O senador cearense “Girão” tem defendido a postura de “independência” em relação ao Planalto.

Fonte: pontoPoder/MBCnews