Mombaça: Vereador Valério Sá Apresenta Requerimento Solicitando Plano de Recuperação de Estradas e Prestação de Contas dos Recursos do Precatório do FUNDEF

Em mais uma sessão do legislativo de Mombaça, Obedecendo A Decreto Legislativo N° 003/2020, a Câmara Municipal de Mombaça, realizou mais uma Sessão Virtual, adotando o SPV – Sistema de Plenário Virtual, seguindo orientação da OMS – Organização Mundial da Saúde.

Na sessão dessa quinta-feira (14/05), o líder do bloco de oposição vereador Valério Sá –PSD, apresentou requerimentos onde solicita do executivo municipal a planilha de aplicação dos recursos dos precatórios do FUNDEF ,em relação aos 40% e aos 60% e o projeto de recuperação das estradas da zonal rural do município desse ano de 2020.

O requerimento 30/2020 de autoria do vereador Valério Sá-PSD, requer do executivo municipal a elaboração de plano de recuperação das estradas em todas as vias de acesso as localidades da zona rural de Mombaça e distritos do território de Mombaça para o segundo semestre do exercício de 2020.

Já o requerimento 35/2020, que também leva a assinatura do líder do bloco de oposição “Valério Sá”. Requer do executivo municipal, no prazo regimental, a necessidade do envio ao legislativo municipal, o plano de ação e matas dos 40% E 60%, em execução, dos recursos dos “PRECATÓRIOS FUNDEF, já creditados em conta do município de Mombaça, bem como apresentação de todas as despesas já utilizadas com esse recurso desde inicio do recebimento do referido valor

O vereador Lembrou em seu pronunciamento que essas informações solicitadas por ele e, aprovada por todos é, muito importante para das à transparência na utilização desses recursos para a casa legislativa, sociedade e aos professores que aguardam a parte que lhes pertence os 60%.

Já em relação ao plano da recuperação das estradas e, importante para que sejam executados os serviços o mais breve possível, pois uma parte da população de Mombaça mora na zona rural e utilizam essas estradas para se locomover e, ela não estando recuperadas vai dificulta e muita a vida das famílias que moram na zona rural.

Fonte: CMM/JAF Publicidade & Assessoria
J. Agnalton Feitosa-Assessoria de Imprensa da CMM