Luciano Huck critica Bolsonaro e Lula e diz que ‘Brasil está descoordenado’

O apresentador Luciano Huck foi ao Twitter nesta 4ª feira (20.mai.2020) para criticar o que considerou ser uma falta de “sensibilidade” do presidente Jair Bolsonaro e do ex-presidente Lula ao tratar das mortes ocasionadas pela covid-19.

O tuíte foi uma resposta a declarações feitas por Bolsonaro e por Lula na 3ª feira (19.mai). O atual chefe do Executivo federal fez 1 trocadilho e aconselhou que pessoas alinhadas com a esquerda tomem tubaína em vez da cloroquina –medicamento defendido por ele para tratar a covid-19. Já o petista disse que “ainda bem” que o coronavírus veio para mostrar a importância do papel do Estado. “O Brasil está descoordenado” escreveu o apresentador.

Em entrevista ao jornalista e blogueiro Magno Martins, Bolsonaro fez 1 trocadilho nesta 3ª feira (19.mai) ao aconselhar que pessoas identificadas com a direita usem a cloroquina, enquanto os de esquerda devem tomar o refrigerante tubaína.

“Você não é obrigado a tomar cloroquina. Quem é de direita toma cloroquina. Quem é de esquerda toma Tubaína”, disse o presidente.

Já o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, em entrevista concedida à revista Carta Capital, que a pandemia possibilitou o entendimento sobre a necessidade do Estado para resolver crises.

“Ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus, porque esse monstro está permitindo que os cegos enxerguem, que os cegos comecem a enxergar que apenas o Estado é capaz de dar solução a determinadas crises”, disse Lula.

O ex-presidente pediu desculpas pela fala nesta 4ª feira (20.mai) e disse que a frase foi “totalmente infeliz”.

Poder 360