Esporte: Palmeiras vê Heinze ‘muito distante’ após exigências e volta atenções para Portugal e Itália.

A ‘novela’ sobre a definição do novo treinador do Palmeiras segue ganhando novos capítulos e personagens importantes sendo praticamente descartados.

O ESPN.com.br apurou com fontes ligadas ao clube entre terça e quarta-feira (28 de outubro) que Gabriel Heinze, nome pedido em massa por boa parte da torcida nas redes sociais, está praticamente descartado pelo clube paulista.

A reportagem apurou que as inúmeras exigências por parte do argentino, como a de não ter dirigientes e pessoas do clube no vestiário e ao entorno do elenco nas vésperas e após as partidas, tornou a negociação inviável.

Por conta disso, as chances de haver uma retomada nos contatos ou até mesmo uma negociação futura é praticamente inexistente. É válido destacar que não houve oferta do clube ao treinador.

A reportagem apurou ainda que o Palmeiras volta as atenções neste momento para países como Portugal e Itália e tenta encontrar um treinador que se aplique ao chamado ‘DNA’ do clube, que seja trabalhar incessantemente com as categorias de base e que tenha conceitos modernos de trabalho.

No final da última semana, o ESPN.com.br apurou que Bruno Lage, ex-Benfica, recebeu uma sondagem do clube paulista, mas que também não foi feita uma proposta efetiva pelo técnico.

Na última terça-feira, Mauricio Galiotte, presidente do Palmeiras, conversou com o jornalista Paulo Vinicius Coelho, conforme publicado no Blog do PVC, no portal Globoesporte.com, que “o Palmeiras não recebeu não de ninguém”.

O ESPN.com.br apurou com fontes ligadas ao clube que, de fato, a única proposta realizada foi feita para Miguel Ángel Ramírez, do Independiente Del Valle, mas que aceitaria o trabalho apenas para 2021.

Nos casos de Sebastian Beccacece, do Racing, Victor Blanco, presidente do clube argentino, confirmou à reportagem que houve uma sondagem por parte do time paulista ao jovem treinador, mas uma negativa logo em seguida.

Seu próximo compromisso será nesta quinta-feira, contra o Red Bull Bragantino, pelas oitavas da Copa do Brasil.

O Alviverde está sem comandante desde a demissão de Vanderlei Luxemburgo, que caiu após derrota para o Coritiba, em 14 de outubro.

Fonte: ESPN/MBCnews