Espore: Clássico-Rei tem peso de decisão com cenário preocupante para Fortaleza e Ceará na Série A

A maior rivalidade do futebol cearense ganha um novo capítulo na próxima quarta-feira (1º) com Fortaleza x Ceará na Arena Castelão, às 20h30, em jogo atrasado da 3ª rodada da Série A de 2022. Para além do contexto histórico, o Clássico-Rei ganha cenário de decisão com a tabela do Brasileirão.

Isso porque os arquirrivais estão na zona de rebaixamento após sete partidas. O Leão é o lanterna, com apenas um ponto – o único que ainda não venceu. O Vovô fica na vice-lanterna, com seis na classificação.

Assim, a vitória é a única opção viável para cada um dos lados. O empate deve ser considerado ruim pela pontuação, enquanto a derrota é péssima, pelo impacto na confiança e a soma de resultados negativos.

Em paralelo, o Clássico-Rei de 2022 ganha outro apelo por conta do baixo número de confrontos, apenas um no ano vigente até agora, e o momento internacional favorável, com vagas nas oitavas de final da Libertadores e da Copa Sul-Americana, respectivamente. É fato: todos os olhos estarão no jogo.

CENÁRIO DO JOGO

O Ceará chega ao Clássico-Rei após uma crescente de desempenho e, se vencer, deixa o Z-4. O time sofreu alto desgaste com uma maratona fora de casa, mas o técnico Dorival Júnior conseguiu recuperar o desempenho de jogadores do elenco, como Cléber, e apresentou a estreia de Matheus Peixoto.

No caso do Fortaleza, a equipe também encarou partidas com baixo intervalo de descanso, mas entrou em campo na Arena Castelão em dois jogos seguidos pela Série A, com uma derrota (Fluminense) e um empate (Cuiabá). Na última posição, uma vitória é aproxima dos demais integrantes do Z-4.

Fonte DN /MBCnews