Decreto pode ser prorrogado no Ceará, segundo Cabeto

O governador Camilo Santana pode decidir pela prorrogação do decreto para depois de 5 de maio. Pelo menos é o que pensa o secretário de Saúde, Cabeto, que afirmou a possibilidade do adiamento com base no número de casos de contágio e óbitos registrados da Covid-19 em Fortaleza.

De acordo com o secretário, a tendência é que o isolamento seja prorrogado caso a “realidade de hoje for mantida até cinco de maio”. Cabeto, no entanto, ressalta que é preciso aguardar até o início de maio para ter de fato as curvas de casos e de óbitos.

“Nós temos uma ocupação quase completa de todos os leitos do município de Fortaleza. Olhando para a realidade de Fortaleza, com certeza será prorrogado”, disse.

O secretário de Saúde, Cabeto, declarou sobre a possibilidade de prorrogação na noite da última sexta-feira (24/4) durante o Focus Colloquium, do portal Focus.

Fonte: Expresso Ceará