Covid-19: Ceará projeta receber 1,7 milhão de doses da vacina contra a covid-19, diz Camilo

A imunização contra a covid-19 no Brasil deve seguir o cronograma adotado pelo Governo Federal e deve começar em fevereiro de 2021, disse o governador Camilo Santana (PT) após solenidade de lançamento do Plano Nacional de Imunização, em Brasília, nesta quarta-feira, 16. O evento contou com a presença do presidente Bolsonaro. O Estado deve receber 1,7 milhão de doses do imunizante no primeiro semestre de 2021.

Entre 250 mil e 300 mil doses serão exclusivas a profissionais de Saúde da ‘linha de frente’ do enfrentamento à covid-19. Os idosos acima de 75 anos também integram a primeira fase de imunização. “A expectativa é que a gente já possa no mês de fevereiro iniciar essa vacinação, prioritariamente com os profissionais de saúde, pessoas idosas e com comorbidades”, informou o governador.

“O Ministério já garantiu que, independente de ser a vacina do Butantã, a de Oxford ou a da Pfizer, qualquer uma delas que seja certificada será a vacina iniciada para aplicação nos brasileiros, inclusive no Ceará”, adiantou o governador em entrevista ao Sistema Verdes Mares.

Para o Ceará, o governador Camilo Santana afirma que vem atuando para o início da vacinação. ““Mesmo o Ministério tendo informado que está comprando 300 milhões de seringas e agulhas, nós também estamos comprando seringas, agulhas e refrigeradores para guardar as vacinas, porque, a partir do momento que o Estado as recebe, é responsabilidade nossa fazer toda a logística de distribuição para a população cearense”, disse o gestor.

Fonte: O Otimista/MBCnews