Coronavírus: 1/4 dos mortos no Brasil não estava em grupos de risco

Pelo menos 25% das mortes pela covid-19 no Brasil são de pessoas fora dos grupos de risco da doença. Ou seja, tinham menos de 60 anos e não possuíam comorbidades –doenças pré-existentes.

Os dados fazem parte de levantamento realizado pelo jornal O Globo.

Chama a atenção a disparada desse percentual de março a abril. Até 27 de março, as vítimas fatais com menos de 60 anos representavam 11%, enquanto 15% dos mortos não tinham comorbidades. Agora, os óbitos somam 25% e 26%, respectivamente.

O Brasil está na contramão do registrado em outros países fortemente afetados pela pandemia. Na Espanha, país com mais casos na Europa, apenas 4,6% dos mais de 17.000 mortos estavam fora dos grupos de risco. O Brasil soma 1.230 óbitos em boletim divulgado no domingo (12.abr.2020) pelo Ministério da Saúde.

Fonte: jornal O Globo