Brasil: Parlamentares pedem à Justiça Federal suspensão de campanha do governo sobre coronavírus

Campanha ‘O Brasil não pode parar’ defende o isolamento somente de idosos e de pessoas de grupos de risco. Presidente Jair Bolsonaro quer reabertura do comércio e de escolas.

Melhor Programa de Esporte da Atualidade é, na Liderança 102,9 .
Melhor Programa de Esporte da Atualidade é, na Liderança 102,9 .

Três parlamentares ingressaram nesta sexta-feira (27) com uma ação na Justiça Federal do Distrito Federal para pedir a suspensão imediata da campanha publicitária do governo federal intitulada “O Brasil não pode parar”.

Na ação, o senador Alessandro Vieira (Cidadania- SE) e os deputados Felipe Rigoni (PSB-ES) e Tabata Amaral (PDT-SP) pedem ainda que seja declarada nula a dispensa de licitação para a realização da campanha, com a restituição integral dos recursos gastos.

A campanha, lançada em meio à pandemia do novo coronavírus, estimula o isolamento de idosos e de pessoas que integrem grupos de risco, mas somente o distanciamento entre as demais pessoas.

As recomendações das autoridades internacionais de saúde, contudo, são o isolamento das pessoas e a higienização de tudo o que as pessoas tocam para evitar a disseminação do coronavírus.

Até as 15h30 desta sexta-feira (27), as secretarias estaduais de Saúde contabilizavam 3.049 casos confirmados do novo coronavírus no Brasil, com 77 mortos, 58 deles em São Paulo, de acordo com a secretaria de Saúde do estado.

Fonte; g1