Vereador questiona licitação da Prefeitura de Tauá no valor de R$ 666 mil para serviços de divulgação e publicidade

O vereador Felipe Viana, PSD, questionou os valores das licitações feitas pela Prefeitura de Tauá que se aproximam dos R$ 2 milhões, durante pronunciamento feito na sessão da Câmara Municipal de Tauá nesta segunda-feira, 14.

O parlamentar disse que chamou a atenção a contratação de uma empresa no valor de R$ 666 mil apenas para divulgar licitações e publicidades nos atos oficiais do município nos jornais e diário oficial(Estado e União). Ele salientou nos últimos meses de 2017, a Prefeitura pagou R$ 120 mil à uma empresa de publicidade. Em aparte, o vereador Alaor Mota, PSC, disse que a empresa que prestou o serviço no ano passado é a HM Publicidade, pertencente ao seu filho e que recebeu R$ 93 mil. Felipe rebateu e disse que os valores divulgados por ele estão no Portal da Transparência. “Em 2016, foram gastos R$ 172 mil e na época haviam muitas licitações para publicar, ao contrário de hoje”, afirmou após comparar os gastos da gestão atual com a anterior.

Outras licitações

Felipe Viana também achou alto os valores licitados pelas Secretarias de Infraestrutura(R$ 516 mil em 2017) e Agricultura(R$ 772 mil, valor global), apenas para a aquisição de material para as duas pastas. “Esses valores licitados se aproximam dos R$ 2 milhões. Existe muito dinheiro para algumas coisas e para outras não” disse, acrescentando que “somente com o fornecimento de carnes para a merenda escolar, foram gastos R$ 992 mil”.

Segundo o vereador, a Prefeitura de Tauá paga mensalmente R$ 40 mil a um Escritório de Advocacia de Fortaleza, contrata procuradores temporariamente para atuarem na Procuradoria Geral do Município e ainda encaminha projetos errados para a Câmara Municipal.

O vereador disse que está reunindo toda a documentação e entregará ao Ministério Público para investigar essas licitações que tem um custo tão elevado.

Fonte: Blog do wilrismar