União dos Vereadores e Câmaras do Ceará lança nota de repúdio contra Solano Mota

O procurar-geral de Tauá, Solano Mota, continua sofrendo as consequências de sua atuação desastrosa na Câmara Municipal. Além de ter implorado para ser chamado de “vossa excelência”, o homem ainda atacou, sem nenhum motivo, a vereadora Fátima Veloso.

Agora, a União dos Vereadores e Câmaras do Ceará (UVC) lança nota de repúdio contra Solano, por ter feito “ilações levianas que atentaram contra a dignidade” de Fátima.

Em tempo

Solano, quando esteve na Câmara, pediu para ser chamado de “vossa excelência”, porque era a única coisa que ganhava no cargo. Mas o Ceará News 7 descobriu que não era só isso, não. Ele é cheio de carros importados, terrenos e casas. Com um detalhe: Solano recebe salário bruto de R$ 5 mil.

Algumas pessoas tentaram alegar que ele é advogado, mas esqueceram de mencionar que procurador-geral não pode advogar