Tauá: pacientes chegam à Policlínica durante a madrugada para marcarem consultas e exames

Familiares de pacientes procuraram o Departamento de Jornalismo da Rádio Difusora por volta de 5h da madrugada desta quarta-feira, 23, para denunciar uma situação que há muitos anos não se via em órgãos de saúde de Tauá. O caso aconteceu na Policlínica Dr. Frutuoso Gomes de Freitas que oferece atendimento de médicos especialistas em diversas áreas.

O servidor público Carlos Oliveira telefonou para a emissora dizendo que seus pais, que moram na zona rural do município, chegaram a unidade de saúde por volta de 01:35h da madrugada para garantir a consulta com o médico cardiologista. “Quando cheguei a Policlínica às 4h da manhã me deparei com uma cena que não lembro ter vivido em Tauá, algo que considero desumano. Na fila haviam mais de 100 pessoas. Peço que analisem e corrijam esse erro grotesco com a nossa população”, denunciou o servidor.

A reportagem esteve no local por volta de 06:30h da manhã e confirmou a informação repassada pelo ouvinte da rádio. A fila estava chegando na esquina no Fórum Dr. Fábio Augusto Moreira de Aguiar e o sentimento das pessoas(idosos, homens e mulheres), era de revolta.

Vários pacientes disseram que deixaram a Policlínica sem conseguirem agendar consultas e/ou exames porque a quantidade de vagas disponíveis não foram suficientes para atender a todos que estavam na fila.

Atendimento com hora marcada

Desde a inauguração, a Policlínica fucionava com o agendamento de exames e consultas com médicos especialistas feito na Central de Marcação situada na Secretaria de Saúde e nas unidades do Programa Saúde da Família, como forma de evitar as filas e o sofrimento dos pacientes.

A Policlínica tornou-se referência em atendimento porque os pacientes eram atendidos com hora marcada.

Nas redes sociais, dezenas de pessoas externaram um sentimento de revolta com essa situação.

fonte :Blog do Wirismar