TAUÁ: Delegado Dr. Gisleiam Lima vai pedir a prisão preventiva de Zé do Valério por feminicídio e tentativa de homicídio .

O Delegado Regional de Polícia Civil de Tauá, Dr. Gisleiam Lima disse ao Blog do Wilrismar que irá solicitar ao Poder Judiciário, a decretação da prisão preventiva do assassino Zé do Valério, pela prática de feminicídio e tentativa de homicídio ocorridos em Tauá.

Os crimes foram praticados no dia 19 de abril de 2013, em uma propriedade próxima ao Açude Quebrado, distante 9km de Tauá, contra um comerciante e sua esposa. Zé do Valério, que na época em que morava em Tauá, era conhecido por Zé da Foice, primeiro matou a senhora Maria Solange Cezário, 39 anos, que possuía um comércio no centro da cidade de Tauá. Ela foi morta com um tiro na cabeça a cerca de 300 metros de sua residência.

Quando o esposo dela chegou em casa, o também comerciante Tercio Fernandes Cunha, 49 anos, foi baleado várias vezes, sendo atingido na boca, braço direito e perna direita, mas sobreviveu.

Após os crimes, Zé da Foice ou Zé do Valério, desapareceu e não foi localizado, até matar a jovem Daniele Oliveira, no dia 24 de abril na zona rural de Pedra Branca.

Dr. Gisleiam disse que aguardará a conclusão do inquérito policial que apura a morte da jovem pedra branquense para também ouvir o depoimento do assassino sobre os crimes praticados por ele em Tauá.

O titular da 14ª DP também participou da caçada ao assassino Zé do Valério, nos municípios de Pedra Branca, Senador Pompeu, Independência, Mombaça, Tauá, dentre outros.

FONTE:bLOG WILRISMAR