Tasso declara que Bolsonaro não tem a linha do PSDB e partido será oposição em 2019

Em entrevista à Folha de S. Paulo deste sábado (13), o senador Tasso Jeressati (PSDB) declarou que Jair Bolsonaro (PSL) “não tem a linha” de seu partido, que será oposição no próximo governo, seja o militar presidente ou Fernando Haddad (PT).

Para Tasso, “o grupo de Bolsonaro é muito perigoso”, e senadores já se articulam em um “grupo de bom senso” para resistir a empreitadas polarizantes. A “ventania no Congresso derrubou bons e ruis”, lamentou.

Tasso também citou João Dória, que disputa o segundo turno pelo Governo de São Paulo. Segundo ele, Doria “não representa a cara do PSDB”. Na semana passada o tucano paulista anunciou apoio à candidatura do deputado federal.

Fonte: Folha de S. Paulo