Sertão dos Inhamuns: SDA entrega matrizes à agricultores familiares de Tauá e Arneiroz

Equipamentos são entregues a agricultares
Giro Esportivo "O Melhor Programa de Esporte do Radio"
Giro Esportivo “O Melhor Programa de Esporte do Radio”

A Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Estado do Ceará entregou matrizes ovinas e caprinas durante solenidade na manhã deste sábado, 30, na localidade de Milagres, na zona rural de Tauá, por meio do Projeto Paulo Freire.

Governo Entrega matrizes nos Ihamuns,
Governo Entrega matrizes nos Ihamuns,

Ao todo, 19 famílias de produtores rurais receberam 31 matrizes ovinas e 6 matrizes caprinas, para que as futuras gerações de ovelhas ponham ainda mais comida e renda na mesa das famílias. O investimento foi mais de 402 mil reais, permitindo mais inclusão produtiva das famílias do campo.

Participaram da solenidade, o Secretário da SDA, De Assis Diniz, Presidente da Ematerce, Antonio Amorim, Prefeito de Tauá, Fred Rêgo, ao lado dos secretários, Vony Sousa(Agricultura), Cláudio Régis(Articulação Governamental) e Tonhão(Adjunto da Sec. de Turismo), além de sindicalistas, técnicos do Estado e Município.

“Estamos fazendo ainda mais por Tauá: outras 20 famílias estão recebendo projetos em avicultura e quintais produtivos permitindo, ainda mais, a inclusão produtiva das famílias do campo” ressaltou De Assis Diniz.

“Faço semanalmente constantes visitas as comunidades rurais de Tauá, a Secretaria de Desenvolvimento Agrário, por meio do Projeto Paulo Freire é um grande parceiro, oferecendo oportunidade para o homem e a mulher do campo”, ressaltou Fred Rêgo.

Matrizes são entregues pelo governo nos Iahmuns
Matrizes são entregues pelo governo nos Iahmuns

Já na comunidade de Boqueirão, em Arneiroz, o Secretário De Assis Diniz fez a entrega de 84 matrizes ovinas e caprinas beneficiando 28 famílias com um investimento de mais de R$ 220 mil.

Agricultores recebem equipamentos
Agricultores recebem equipamentos

“Essas ações do Projeto Paulo Freire visam gerar cidadania e renda para as famílias do campo, mas, principalmente, permite a inserção do homem e da mulher no campo no mercado através de um incentivo para ingressar, ou ainda melhorar, uma atividade produtiva”, disse o titular do Desenvolvimento Agrário do Estado.

*Com informações do NIC-PMT/SDA