Sem Ibra, Suécia tira Holanda, Itália e agora Alemanha da Copa do Mundo

Não há muitas dúvidas de que Zlatan Ibrahimovic é o melhor jogador da história da Suécia, disparado o maior artilheiro da seleção. Mas foi só ele sair do time que resultados para lá de expressivos apareceram. A equipe sueca voltou a disputar uma Copa do Mundo e está nas oitavas de final. Mais que isso: deixou pelo caminho ninguém menos que Holanda, Itália e Alemanha.

Os holandeses foram os primeiros a serem eliminados pelos suecos. As duas seleções caíram no mesmo grupo nas eliminatórias e terminaram empatadas com 19 pontos, atrás apenas da França. Só que a Suécia levou uma enorme vantagem no saldo de gols e se classificou para a repescagem.

Por lá, encontraram outra pedreira: a Itália. 1 a 0 no jogo de ida, empate suado sem gols na volta e mais uma gigante eliminada pelo caminho.

Com a vaga na Copa na mão, Zlatan Ibrahimovic até ameaçou voltar à seleção. Só que o técnico Janne Andersson manteve o pulso firme e disse ‘não’.

E o risco de deixar o grande astro de fora acabou recompensado. A Suécia se classificou em primeiro no grupo e acabou ajudando a eliminar a Alemanha, atual campeã – mesmo tendo perdido para os germânicos, é verdade.

Agora, a expectativa é saber o que acontece no grupo do Brasil. Se a seleção de Tite vencer a Sérvia e passar em primeiro, pega a México nas oitavas de final, em jogo que aconteceria em Samara, na próxima segunda-feira (2). Se empatar e ficar em segundo, terá a Suécia pela frente na terça-feira, em São Petersburgo.

Vale lembrar, porém, que o Brasil não se pode dar ao luxo de ficar pensando nisso, já que pode até ser eliminado em caso de derrota para a Sérvia.

Fonte:MSN Noticias