Seleção nas quartas, Neymar decisivo e sufoco belga

O Brasil venceu e convenceu. Nesta segunda-feira, a Seleção bateu o México por 2 a 0, gols de Neymar e Firmino, e avançou para as quartas de final. Destaque para o camisa 10, que brilhou e foi eleito o melhor em campo. O oponente na próxima fase será a Bélgica, que eliminou o Japão com uma virada no último minuto. Perdeu algum detalhe do 19º dia do Mundial? Confira o que aconteceu de mais importante:

VITÓRIA COM AUTORIDADE

A Copa da Rússia tem pregado algumas peças e seleções tidas como favoritas caíram de maneira precoce na competição. Não é o caso do Brasil. Contra o México, nesta segunda-feira, a equipe comandada por Tite venceu e convenceu. Com gols de Neymar e Firmino, ambos na segunda etapa, o time canarinho faturou uma das vagas nas quartas de final sem passar por muitas situações de risco.

MÁ NOTÍCIA

Apesar da classificação conquistada com bom futebol, a Seleção teve uma perda importante. Pendurado, Casemiro levou outro cartão amarelo e está suspenso para as quartas de final. Utilizado em algumas oportunidades, Fernandinho deve ser o escolhido para a função. Na partida desta segunda, o suplente colaborou diretamente para o segundo gol canarinho.

ADVERSÁRIO DEFINIDO

O rival da Seleção Brasileira nas quartas de final será a Bélgica, que venceu o Japão por 3 a 2 e também garantiu vaga na fase seguinte. O embate está marcado para sexta-feira, às 15h, em Kazan.