Rússia vence o Egito e põe pé nas oitavas da Copa do Mundo

Momahed Salah bem que tentou, mas sua volta não foi o suficiente para ajudar o Egito a superar os donos da casa. Sem maiores dificuldades, a Rússia venceu os egípcios por 3 a 1, A partida válida pela segunda rodada da Copa do Mundo foi realizada nesta terça-feira (19/06).

O resultado fez os russos chegarem aos seis pontos ganhos e liderarem o Grupo A. Já os egípcios não pontuaram e estão na última posição da chave.

A Rússia avançará para as oitavas de final caso o Uruguai derrote ou empate com a Arábia Saudita na Arena Rostov, nesta terça-feira (20/06), às 12h (de Brasília). O Egito não estará eliminado apenas em caso de vitória dos sauditas.

O JOGO
O primeiro tempo do jogo foi sem grandes emoções. Salah pouco produziu, mas os russos também quase não levaram perigo ao gol adversário.

Os donos da casa abriram o placar com um gol contra bizarro. Logo no primeiro minuto da etapa final, El Shenawy saiu de soco em cruzamento e a bola sobrou para Zobnin, que chutou torto. Fathi foi tentar cortar a bola, mas mandou de joelho para dentro da própria meta.

O segundo gol russo saiu aos 13 minutos. Mário Fernandes entrou na grande área pela direita e cruzou rasteiro para trás da linha de fundo. Cheryshev chegou livre e chutou de primeira para o fundo das redes.

Apenas três minutos depois, a Rússia ampliou o marcador. Dzyuba recebeu lançamento de Mário Fernandes, dominou no peito, driblou o defensor e chutou à esquerda de El Shenawy.

O Egito descontou aos 24 minutos. Salah foi derrubado dentro da área, mas o juiz a princípio não marcou a penalidade. Após consultar o árbitro de vídeo (VAR), ele assinalou o pênalti.

Salah beijou a bola antes de chutar com força no alto do canto esquerdo do goleiro Akinfeev, que pulou para o lado certo, mas não conseguiu defender.

AGENDA
Na próxima rodada, a Rússia enfrentará o Uruguai na Arena Samara, na segunda-feira (25/06), às 11h(de Brasília). No mesmo dia e horário, o Egito jogará contra a Arábia Saudita, na Arena Volgogrado.

Fonte: MSN Noticia