Rogério Ceni decidiu ficar no Fortaleza

Rogério Ceni decidiu ficar no Fortaleza em 2019. O treinador assinou novo contrato com o Tricolor no fim da tarde de ontem e terá mais um ano de trabalho pela frente no Pici. Sem divulgar valores, a diretoria confirmou que salário e multa rescisória subiram, assim como a folha de pagamento somente para jogadores. O elenco montado pelo ex-goleiro receberá, por mês, até R$ 2,5 milhões, ante R$ 1,2 milhão deste ano.

O acerto, segundo o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, foi feito quase todo na reunião que aconteceu antes do jogo entre Coritiba e Fortaleza, na última rodada da Série B do Brasileiro. O restante dos detalhes foi sendo ajustados por telefone durante a semana.

“Ele tinha várias propostas e deu preferência ao clube que o acolheu, que deu condições de trabalho, que foi sincero e transparente com ele. Entendeu que o ideal era dar continuidade a este trabalho”, revelou Paz. O dirigente disse ainda que o principal peso para a renovação foi o profissionalismo que o clube está buscando implementar dentro das práticas, do qual Ceni foi testemunha do esforço da diretoria nesta temporada.

Com a definição da comissão técnica, o clube começará a pensar na montagem do elenco. A ideia é formar o time que vai jogar a Série A já no início do ano. Paz negou a existência de negociações em andamento com jogadores, mas é fato que a formatação do grupo já começou, uma vez que os contratos de Felipe e Max Walef foram renovados e há interesse em novos vínculos com Éderson e Nenê Bonilha. A pré-temporada está prevista para iniciar dia 2 de janeiro.

Apesar de voltar a disputar as Copas do Nordeste e do Brasil no ano que vem, o grande foco será na Série A do Brasileiro. E Ceni está totalmente ciente do que o Leão pretende na elite. “O objetivo é de permanência. Não vamos querer vender para o torcedor uma ideia de título ou Libertadores, isso aí é ilusão. Quanto a isso, estamos totalmente alinhados”, disse o presidente. O combinado vai de encontro ao que disse o ex-goleiro ao O POVO, logo após o fim da Série B, quando afirmou que em 2019 queria ter chance de brigar por mais um título nacional.

A renovação de Rogério Ceni foi anunciada com um vídeo que fazia referência a lugares ou coisas onde se encontravam estrelas, como é o caso do currículo dele, que segue no Pici.