Região Metropolitana: Servidores vão às ruas cobrar 13º salário em Pacajus

As ruas do município de Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza, foram ocupadas nesta sexta-feira, 03, durante protesto de servidores municipais. A categoria afirma que após o prefeito Flanky José Amaral Chaves retornar ao cargo, no fim do ano passado, reteve o salário de dezembro e o 13º dos trabalhadores.

“Nós fizemos um manifesto reivindicando nosso direito”, conta Erivanda Oliveira, diretora financeira da Prefeitura de Pacajus. A servidora conta que na véspera do recesso, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou o retorno do prefeito Flanky Chaves ao cargo. O gestor foi cassado em 2018, após acusação de improbidade administrativa, por prejuízo superior a R$ 2 milhões em contratos e aditivos do município. “A gente tinha deixado as duas folhas prontas, salário integral de dezembro e décimo terceiro. Tudo seria pago no dia 30 [de dezembro]”, relembra Erivanda.

Ao retornar ao cargo, o prefeito revogou o recesso e não pagou a folha. “Ele também deixou claro que não vai pagar o décimo terceiro. Temos quase onze milhões de reais em recursos. Dá para pagar o salário de todo mundo. É um direito nosso. Hoje ele [prefeito] não nos recebeu, mandou secretário de gabinete que também não resolveu nada. Ficou o dito pelo não dito. Registramos o Boletim de Ocorrência e vamos à Justiça”, detalha a servidora, que participou da manifestação.

A Prefeitura de Pacajus foi procurada, mas ninguém falou sobre o assunto.

Repórter Ceará