Radialista Franco Lima será sepultado em Juazeiro do Norte

A morte do radialista Franco Lima de Sousa, 64 anos, na manhã desta segunda-feira (11) pegou a todos de surpresa. O comunicador que era bastante querido e adorado por todos veio a óbito após sofrer uma parada cardíaca, o mesmo ainda chegou a ser socorrido a Unidade de Pronto Atendimento -UPA de Quixadá mas não resistiu e infelizmente veio a óbito.

O corpo do radialista que há mais de 20 anos apresentava o programa Comando 970 Graus pela Rádio Monólitos AM, foi velado em sua residência na rua Luís Carvalho, nº 69, ao lado do Quartel do 9º Batalhão de Polícia Militar.

No entanto o sepultamento do radialista não será em Quixadá, o comunicador foi que seria enterrado na tarde desta terça-feira (12) em sua terra natal, o município de Juazeiro do Norte.

O cortejo estava previsto para sair de Quixadá as 7 horas da manhã desta terça-feira, assim seus ouvintes tiveram a chance de dar o último adeus a Franco Lima.

Em seu velório, vários colegas de profissão lamentavam a repentina e inesperada morte de Franco Lima, muito querido por todos, a partida do comunicador que popularizou o jargão “CumaÉHomi”, deixará um vazio eterno nos corações de seus amigos e admiradores de seu brilhante trabalho.

mombacanews.com