Quixadá decreta situação de emergência pela seca por 180 dias

As chuvas registradas em 2018 no Ceará, não foram suficientes para a recarga dos principais reservatórios do estado. Atualmente, o açude Pedras Brancas que abastece as cidades de Quixadá e Quixeramobim, está apenas com 13,08% de seu volume total.

Desta forma, o prefeito em exercício de Quixadá, João Paulo de Menezes Furtado, levando em consideração a irregularidade das chuvas e as temperaturas elevadas que vem comprometendo seriamente o armazenamento de água nos reservatórios, bem como um parecer técnico da Coordenadoria da Defesa Civil Municipal- COMDEC, decidiu decretar situação de emergência pela seca nas áreas comprovadamente afetadas pela escassez de água.

O decreto de nº 024/2018, autoriza ainda a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem sob a coordenação da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, , nas ações de resposta a seca, como a utilização de carros-pipas para o abastecimento nas comunidades.

O decreto datado de 04 de outubro tem validade de 180 dias e já está valendo a partir desta quinta–feira (11), data em que foi publicado no Diário Oficial dos Municípios.

Fonte: monolitospost.com