PT espera fechar aliança nacional com o PROS nesta semana

Os dirigentes nacionais do PT querem começar a semana com a primeira aliança a nível nacional fechada. As conversas com o PROS estão adiantadas e a ideia é que a cúpula petista consolide o acordo nos próximos dias. O PROS apoio a ex-presidente Dilma Rousseff em 2014 e reivindica, desta vez, suporte para aumentar sua bancada na Câmara – a sigla conta, hoje, com 11 deputados.

O acerto traria certo alívio à legenda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Aliados mais tradicionais, como o PC do B, ainda têm dúvidas sobre uma composição. Após as reuniões deste fim de semana, dirigentes do PC do B dizem que ganha força na legenda a tese de que é preciso aguardar até o último dia, 15 de agosto, data de registro das candidaturas, para tomar um rumo definitivo.

O plano seria confirmar a candidatura de Manuela d’Ávila à Presidência na convenção, dia 1º de agosto, mas seguir com as negociações com PT e PDT até o limite. Neste domingo, a cúpula do partido fez um novo apelo à unidade da esquerda. Um acordo que unisse PT, PDT, PSB e PC do B, porém, é quase impossível.

Com informações do Jornal Folha de São Paulo