Presidente da Câmara Saboeiro recua de tentar cassar prefeita após tentativa de assassinato

A prefeita em exercício de Saboeiro, Micheline Pinheiro, tentou, nesta segunda-feira (20), pôr panos quentes sobre a série de atentados contra políticos contrários à sua gestão e à do prefeito afastado, Gotardo Martins, e divulgou uma nota de esclarecimento negando que a Câmara Municipal e a sede da Prefeitura do Município tenham sido alvos de ataques durante o final de semana.

A surpresa foi que, mesmo tento a casa incendiada e com um pistoleiro ferido durante o ataque, o presidente da Câmara Municipal, Ernani Júnior, decidiu também negar os ataques e afirmar, na nota, que “não existe nenhum procedimento ou ações visando ao afastamento da prefeita pelo Legislativo Municipal”. Ernani recuou, diante da violência, de levar adiante a cassação de Gotardo.

Ataques

Após denunciar irregularidades na gestão de Micheline Pinheiro e liderar um grupo de vereadores visando ao impeachment do prefeito afastado, o presidente da Câmara de Saboeiro, Ernani Júnior, teve sua casa incendiada durante o final de semana. Por sorte, ninguém ficou ferido. O médico e ex-deputado Perboyre Diógenes também teve a sua fazenda alvo de ataques.

 

 

Fonte: Cearanews