Politica:Fundo Eleitoral PT vai embolsar R$ 200 milhões; o PSL terá à disposição R$ 193 milhões

Criado em 2017, o Fundo Especial de Financiamento de Campanha é um fundo público destinado ao financiamento das campanhas eleitorais dos candidatos. No caso, é alimentado com dinheiro do Tesouro Nacional e distribuído aos partidos políticos para que possam financiar sua campanha nas eleições. Neste ano, o montante está orçado em R$ 2 bilhões. Em síntese, você o financia.

Confira com o bolo sera repartido:
PT R$ 200.925.914,05
PSL R$ 193.680.822,47
PSD R$ 157.180.452,52
MDB R$ 154.867.266,21
PP R$ 140.245.548,54
PSDB R$ 126.028.246,07
PL R$ 123.291.771,52
DEM R$ 114.582.014,53
PSB R$ 109.473.374,53
REPUBLICANOS R$ 104.420.877,14
PDT R$ 99.268.623,40
PODEMOS R$ 88.650.237,68
PROS R$ 44.662.782,92
SOLIDARIEDADE R$ 42.226.143,46
PSOL R$ 40.671.705,00
CIDADANIA R$ 39.432.103,26
NOVO R$ 36.593.934,06
PTB R$ 35.104.450,75
PSC R$ 33.174.133,61
PCdoB R$ 30.975.329,95
AVANTE R$ 28.147.299,59
PATRIOTAS R$ 27.486.008,90
PV R$ 20.513.797,41
REDE R$ 20.420.046,72
PMN R$ 5.872.173,76
PTC R$ 5.634.758,31
DC R$ 4.025.171,90
PCB R$ 1.233.305,95
PCO R$ 1.233.305,95
PMB R$ 1.233.305,95
PRTB R$ 1.233.305,95
PSTU R$ 1.233.305,95
UP R$ 1.233.305,95
TOTAL R$ 2.034.954.823,96
Fonte: Tribunal Superior Eleitoral (TSE)