Politica: Tasso e Girão assinam carta aberta a favor da prisão após condenação em 2ª instância

Dos três senadores cearenses, apenas Cid Gomes (PDT) ainda não assinou a carta aberta a ser entregue nesta quarta-feira, 6, ao presidente do STF, ministro Dias Toffoli, afirmando a posição dos senadores a favor da prisão condenatória após decisão em segunda instância.

Eduardo Girão (Podemos) já havia anunciado na semana passada que assinaria e nesta terça-feira, 5, Tasso Jereissati assinou a carta, preparada pelo senador Lasier Martins (Podemos). Ao todo, a carta já tem 41 assinaturas.

Fonte: Ceara em Foco