Politica: Cargo de Moro em consultoria gera críticas de petistas e bolsonaristas.

Aliados do presidente Jair Bolsonaro, petistas e políticos de diferentes espectros ideológicos manifestaram nas redes sociais críticas pela decisão do ex-ministro da Justiça Sergio Moro de aceitar cargo na empresa de consultoria Alvarez & Marsal.

Moro tornou-se nesta 3ª feira (1º.dez.2020) sócio-diretor do escritório que tem quase R$ 26 milhões a receber de alvos da operação Lava Jato. Fará parte da área de “Disputas e Investigações” em nível global na Alvarez & Marsal. A assessoria da Alvarez & Marsal nega que o contrato assinado por Moro possa gerar conflitos de interesse.

O ex-presidente Inácio Lula da Silva compartilhou no Twitter reportagem do portal UOL, intitulada “Moro vira sócio de americanos que ajudam empresas investigadas. Entenderam?”. Lula, que havia sido preso por determinação do ex-juiz, em 2018, reforçou a pergunta contida no título da reportagem.

fonte: G1/MBcnews