Polícia prende homens acusado de roubos e receptação em Senador Pompeu

Três homens presos, uma motocicleta, eletrodomésticos e celulares recuperados. Esse foi o resultado de uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar, que teve como objetivo capturar os responsáveis por ataques a residências e sítios, na região de Senador Pompeu. A ação foi realizada na última terça-feira (27), na zona rural e na sede do município que fica localizado no Sertão Central odo estado.

Por volta de 20 horas da última terça-feira, equipes da PCCE, por meio da Delegacia Regional de Senador Pompeu, com o apoio da 2ª Companhia do 9º Batalhão da PM, iniciaram as buscas a um grupo suspeito de praticar assaltos contra residências. O trabalho começou após os policiais receberem denúncias acerca de dois indivíduos, identificados apenas como “Boel” e “José Almir”, que praticaram um assalto contra um sítio, localizado na zona rural do município.

Com base nas informações, os agentes de segurança saíram em diligência e durante a investida foram informados, que uma propriedade, situada na localidade Olho d”água, teria sido assaltada por quatro homens armados, um deles encapuzados. O grupo roubou um aparelho de TV de 42 polegadas e deixou o local em duas motocicletas. Após colherem os relatos na fazenda, os policiais continuaram as buscas e seguiram pela Barragem do Patu, em direção ao Alto do Cruzeiro, trecho apontado como rota de fuga dos suspeitos.

Durante as investigações, a composição seguiu até uma residência situada próximo a torre do Alto do Cruzeiro. O local seria utilizado como esconderijo por Francisco Rafael de Mesquita Martins, 21 anos, o “Boel”, que possui passagens por tráfico de drogas e homicídio. Foi realizado um cerco na região, e ao perceberem uma movimentação em uma das casas, que indicava uma tentativa de fuga, os policiais entraram e, nesse momento, os agentes avistaram o suspeito pulando o muro e seguindo em direção a um matagal. No imóvel, onde foi encontrada uma TV de 42 polegadas, equipamento roubado da fazenda na localidade de Olho d”água; e a balaclava usada por um dos assaltantes.

Em outro cômodo da casa, os policiais encontraram Erisvan da Silva Rosa, 25 anos – sem antecedentes – proprietário do imóvel e ex-funcionário da propriedade atacada. Ele disse aos agentes de segurança que “Boel” chegou à residência sozinho, com a TV. Erisvan recebeu voz de prisão e foi conduzido pelos agentes de segurança até a Delegacia Regional de Senador Pompeu.

Na quarta-feira

No dia seguinte, por volta das 06 horas, os policiais da Regional de Senador Pompeu receberam a informação, que uma mulher estava nas proximidades da Cadeia Pública da cidade, e que esta receberia um pacote para ser entregue a um dos internos da unidade, identificado como Antônio Nallyson Pereira de Foes. Os agentes seguiram até o ponto indicado e avistaram Cássia Alves de Sousa, companheira do preso que receberia o embrulho.

Os policiais investigaram e flagraram o momento em que ele recebia um embrulho de um indivíduo. Os agentes realizaram a abordagem à Cássia e ao suspeito, identificado como Antônio Vlademir Oliveira Carvalho, 45 anos – com passagem por tráfico de drogas. No pacote estavam dois aparelhos celulares, material que seria fruto de um roubo a residência, realizado por José Almir Gomes da Silva, 25 anos, comparsa de “Boel” e com passagem por roubo. Cássia e Vlademir foram levados para a Delegacia.

A ação policial continuou e no sítio São Francisco, onde José Almir foi capturado. Ainda durante as buscas, os policiais encontraram uma motocicleta roubada, veículo que foi utilizado no transporte dos criminosos durante a realização dos assaltos na região. Em outro imóvel, os agentes de segurança capturaram outro suspeito de envolvimento nos roubos. Aprígio de Souza Batista, 23 anos – sem antecedentes – foi detido em casa.

Com as prisões, a Polícia desarticulou um grupo criminoso apontado como responsável por vários assaltos na cidade. Todos os detidos foram levados para a Delegacia Regional de Senador Pompeu. Foi instaurado inquérito por roubo, receptação e associação criminosa contra José Almir, Aprígio e Erisvan. Já Antônio Vlademir, Cássia Alves e Antônio Nallyson – que já se encontravam presos na Cadeia Pública da região – foram autuados por receptação e associação criminosa. As buscas continuam, com o objetivo de capturar Rafael de Mesquita Martins, o “Boel”.