Pistoleiro que comandou atentado na fazenda de ex-deputado Perboyre Diógenes , em Saboeiro, está ferido

ovas notícias sobre o clima de violência no Município de Saboeiro (a 456Km de Fortaleza) revelam que um dos pistoleiros responsáveis por um dos quatro atentados ocorridos no último fim de semana acabou sendo baleado e está internado em estado grave. O fato ocorreu quando o criminoso, identificado por Tarciano, comandou a invasão à fazenda do ex-deputado estadual Perboyre Diógenes.

As suspeitas são de que Tarciano tenha sido baleado pelos próprios comparsas. Ele e seu grupo invadiram a fazenda do parlamentar, na madrugada do domingo (19), supostamente, com o objetivo de matar o gerente da propriedade, identificado por “Miguel do Júlio”, ou mesmo o parlamentar, caso este estivesse lá. Vários tiros foram disparados em meio à escuridão, numa forma de intimidação ao político, que defende novas eleições para os cargos de prefeito e vice de Saboeiro.

Ainda no fim de semana violento, houve atentados contra a residência do presidente da Câmara Municipal de Saboeiro, vereador Manoel Ernani Pereira Júnior., contra a sede da Prefeitura e também contra o prédio onde funciona a Câmara dos Vereadores. Apesar das ações criminosas, até o momento nenhum dos envolvidos foi preso.

O clima na cidade segue tenso e o policiamento do Município não foi reforçado. A população está temerosa diante da possibilidade de vir a acontecer novos atentados.

Política

Saboeiro vem sendo abalada por episódios de violências desde a deflagração de uma operação da Polícia junto com o Ministério Público Estadual (MPE), que resultou na descoberta de um esquema criminoso montado dentro da prefeitura municipal, causando um rombo nos cofres públicos de mais de R$ 5 milhões.

Por conta disso, e à pedido do promotor de Justiça, Herbert Gonçalves, representante do MPE na Comarca, o prefeito municipal, Gotardo Martins, foi afastado do cargo e seu filho teve prisão preventiva decretada. A vice-prefeita, Micheline Pinheiro de Carvalho, assumiu o comando do Município e há cinco meses não pagada os salários dos servidores.

Fonte: Cearanews