Ônibus Clandestinos São Presos em Acopiara, Mombaça e Tauá.

Nesse inicio de semana o plantão policial foi bastante movimentado em relação ao comprimento do decreto do governo do estado e dos prefeitos municipais nas cidades de Mombaça, Acopiara e Tauá com a apreensão de Ônibus Clandestinos vindos São Paulo

A Primeira ocorrência aconteceu no inicio da noite de ontem segunda-feira (06/04) no município de Tauá Região dos Inhamuns.

Dois ônibus de turismo foram apreendidos na noite da segunda-feira (06), quando passavam por Tauá vindos de São Paulo com destino a municípios da região. 88 pessoas estavam nos dois veículos.

Os ônibus tinham saído de São Paulo conduzindo passageiros que tinham como destino municípios da região. Os veículos passaram por Parambu, mas acabaram apreendidos em barreiras sanitárias em Tauá.

As Outras ocorrências aconteceram nessa terça-feira (07/04) nas cidades de Acopiara região centro sul do estado e Mombaça no Sertão Central.

Na primeira ação dessa terça-feira (07), aconteceu na cidade de Acopiara,quando municipal recebeu denuncia de ônibus clandestinos com passageiros ,vindo de São Paulo, com destino ao município de Mombaça passando por Acopiara, onde foi montada uma barreira na entrada da cidade, aonde um dos clandestinos furou a barreira e aprendido no distrito de cotolé da Pista município de Piquet-Carneiro.

No momento da abordagem pelas autoridades, o motorista do coletivo fugiu depois se apresentou na delegacia de policia civil de Mombaça e, um dos ônibus, ficou retido no pátio da superintendência de trânsito de Acopiara.

O outro ônibus da mesma empresa foi aprendido em Mombaça e levado para a delegacia de policia civil e depois ao pátio da policia militar.

Os responsáveis pelos ônibus podem responder com base no Artigo 268, por infringir a determinação do poder público destinado a impedir introdução ou propagação de doenças contagiosas. Se condenados podem pegar pena de detenção de um mês a um ano, e pagamento de multa.

Fonte: Mombacanews.cm/Blog do Wilrismar
Fotos: Redes Sócias.