O Estado de S. Paulo destaca prisão domiciliar de luxo de Sérgio Machado na capital

Em longa reportagem publicada na edição deste domingo (6), O Estado de S. Paulo revela como vive o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, mais de um ano depois da homologação do acordo de delação premiada após ter confessado ter desviado pelo menos R$ 100 milhões para aliados políticos.

Segundo o jornal, Machado vive como se estivesse numa prisão domiciliar de luxo, morando em uma casa com piscina, quadra, extensos jardins no alto de uma colina com vista para o mar azul da Praia do Futuro.

A residência toma meio quarteirão no bairro Dunas, e atualmente não sofre qualquer restrição legal. A casa tem uma equipe de ao menos oito seguranças fortemente armados e equipados com coletes à prova de balas que ficam no interior da residência.

Vida exterior

Sérgio Machado tem ainda uma equipe de guarda-costas que o acompanha nas raras aparições públicas e impede qualquer pessoa de chegar perto do ex-presidente da Transpetro. Recentemente foi hostilizado em uma visita ao Shopping Deo Paseo e na academia onde se exercita sob a orientação do bi-campeão mundial de vôlei de praia Roberto Lopes. Alguns frequentadores chegaram a procurar a direção da academia para reclamar, e Machado deixou de frequentar o local, detalha O Estado de S. Paulo.

Ceara news 7