Nova diretoria do Rotary Club de Iguatu será empossada no próximo dia 1º

No próximo dia 1º de julho, haverá solenidade de posse da nova diretoria do Rotary Club de Iguatu. O fisioterapeuta Vinícius Mendonça Assunção vai assumir a presidência do clube de serviço em reunião solene.

Na semana passada, houve reunião ordinária do Rotary Club que assinalou a última do ano rotário (2016/2017). O encontro foi em tom de despedida do atual conselho diretor. Foram apresentados os investimentos na sede do Parque de Exposições, balanço financeiro e apresentação dos programas sociais desenvolvidos.

Presidente

O presidente do Rotary Club de Iguatu, Tales Teixeira, apresentou as conquistas do ano em que esteve à frente. “É um sonho de todos nós rotarianos contribuir dessa forma. Tivemos muitas conquistas e podemos acima de tudo manter nossos programas do ano rotário anterior e dar nossa cara a esse que finalizou. Isso é Rotary: um trabalho construído a muitas mãos”, finalizou.

Programas

O presidente do parque de Exposições, Ícaro Teixeira apresentou os avanços por meio de fotos de ‘antes e depois’ da estrutura física do Parque de Exposições Enéas de Souza Bandeira, que conseguiu por meio de alocação de espaços para eventos sociais, baias de animais e espaços publicitários um valor de R$ 28.734,00 revertidos em melhorias estruturais, como banheiros, limpeza diária, capinação, poda e pintura.

Algumas das barracas foram recuperadas. “Assumimos esse compromisso de melhorar esse ambiente. Toda intervenção era discutida e estudada. Conseguimos quase que por 90% intervir no parque. Mas saio com a missão de dever cumprido”, pontuou Ícaro.

O tesoureiro, Rafhael Sena, rotariano e contabilista, apresentou por meio de infográficos todos os valores que circularam no caixa da entidade, os investimentos nas ações sociais desenvolvidas pela entidade. “Nosso objetivo não é medir a importância do projeto pelo custo que gera, mas sim que temos que ter responsabilidade no que investimos e apoiamos. Gerenciar valores é um processo que não deve haver amadorismo”, afirmou.

Dentre os projetos custeados, Rafhael levantou que o programa do ‘Banco Bolsa de Fraldas Geriátricas’ custou em média o valor R$ 12 mil nesse ano, que subsidiou a compra e doação de mais de 20 mil peças a beneficiados carentes da cidade. Já o ‘Banco de Cadeiras de Rodas’ foi bancado pelo club com R$ 2.700,00 transformados em 10 cadeiras para pacientes que necessitam de locomoção.

A Academia de Saúde adotada pelo Rotary junto à prefeitura recebeu a intervenção no valor de R$ 17 mil que culminou além da reforma do equipamento, na compra de aparelhos de ginástica. O espaço será inaugurado dia 30 ficando à disposição da população do bairro Flores.

Os projetos de cursos encabeçados pela Casa da Amizade, como ‘Corte e Escova’ e Costura e Customização, junto com o do Rotary em parceria com a ONG OBA’s para a formação de profissionais para o mercado de trabalho, somaram o montante de R$ 14 mil. Pensando no acompanhando contínuo dos subsídios do Rotary, a entidade adquiriu nesse ano um software de controle financeiro e gerenciamento de recursos.

A maior fonte de receita da entidade para os financiamentos das obras sociais vem da realização da feira agropecuária ExpoIguatu e da mensalidade dos associados que há três anos não passa por reajuste.

Fonte Diário do Nordeste