Nacional: Senadores cearenses divergem sobre prorrogação da CPI da Pandemia; veja as posições.

Dois dos três senadores cearenses assinaram o requerimento que prorroga a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia por mais 90 dias. Cid Gomes (PDT) e Tasso Jereissati (PSDB) se posicionaram a favor do documento proposto pelo vice-presidente do colegiado, Randolfe Rodrigues (REDE-AP).

Colocando-se como independente – ou seja, nem governista nem oposição -, o senador cearense Eduardo Girão (Podemos) não assinou o requerimento. Em nota, no entanto, o parlamentar argumenta que não se opõe à possível renovação da CPI, “mas é preciso corrigir os rumos da comissão”.

Com o prazo inicial de 90 dias, a comissão está atualmente programada para encerrar no dia 7 de agosto. No pedido, Randolfe pondera que o prazo atual seria insuficiente e afirmou ser “imperativo” prorrogar as atividades.

Fonte: Ceara agora/MPce/MBCnews
Mias detalhes “mombacanews.com: