Nacional: Guedes vê exagero no prato da classe média e diz que sobras poderiam alimentar os mais pobres

O ministro da Economia Paulo Guedes defendeu, nesta quinta-feira, 17, que as sobras de restaurantes sejam destinadas aos mais pobres e vulneráveis. A fala ocorreu durante o Fórum da Cadeia Nacional de Abastecimento, promovido pela Associação Brasileira de Supermercados.

Para o ministro, é preciso pensar em soluções para os “excessos” cometidos pela classe média. Segundo Guedes, essas medidas seriam encadeadas com políticas de assistência social para mitigar o problema da fome no Brasil. “Você vê um prato de um [cidadão de] classe média europeu, que já enfrentou duas guerras mundiais, são pratos relativamente pequenos. E os nossos, aqui, nós fazemos almoços onde às vezes há uma sobra enorme. E isso vai até o final, que é a refeição da classe média alta.

No evento, o governo anunciou que vai criar um grupo de trabalho para avaliar a proposta de flexibilização da regra que trata da validade de alimentos no Brasil. A sugestão é adotar um modelo que permita vendas de baixo custo e doações a partir de determinado prazo.

Fonte: Jovem PAN/MBCnews
Mias detalhes: mombacanews.com