Mombaça: legislativo Aprova criação do cartão Esperança.

Na sessão realizada na última quarta-feira (26/06/19), o legislativo mirim de Mombaça aprovou a mensagem do executivo que cria o cartão Esperança, que vai beneficiar 300 famílias carentes no município.

A criação desse cartão era uma promessa de campanha do atual gestor “Ecildo Evangelistas Filho do MDB” quando disputava a sua reeleição ao executivo de Mombaça.

A criação desse cartão por parte do executivo, como um cumprimento de promessa, vinda sendo cobrado na tribuna da casa constante pelos vereadores que formam o bloco de oposição (Valério Sá, Eduardo Dereco, Marquinhos Mota, Danúbio Araujo, Jr. Padeiro e Pitoco), pois segundo eles existia uma grande cobrança por parte da população mais carente em relação à criação desse cartão, já que havia sido uma promessa de campanha do atual gestor.

Durantes os debates na casa por parte das duas bancadas (situação e oposição), foi colocado pontos de vista diferente, pois, o bloco de oposição que vinha cobrando a criação do “cartão Esperança” informou que votaria favorável ao projeto, mais achava muito pouco o numero de famílias a ser atendias 300 e, o valor a ser pago, pois de inicio seria apenas 50 reais por família.

O Bloco de sustentação do excecutivo (situação) defendia a provação do projeto com tinha chegando a casa, com a justificativa de que era o ponta pé inicial e o valor a ser pago era o que a administração municipal poderia desembolsa com o Cartão Esperança”.
O projeto “Cartão Esperança” terá participação de 03 secretaria (Ação Social, Juventude e Educação) para execução do projeto.
Após ser analisando pelas comissões permanentes da casa ( legislação e finanças) e receber os ajuste necessários e o parecer favorável das comissões,o presidente da casa vereador Beto Vieira do MDB, colocou em votação na sessão do dia (26/06/19) e foi aprovado por unanimidade , ou seja, com o apoio dos 13 vereadores.

Central FM 102,9 de Mombaça no Ceará para o Mundo.

O projeto foi aprovado com seguinte redação final, o Cartão Esperança, ira atender a 300 famílias carentes e, o valor mensal por família antes seria 50 reais passou a ser 60 reais, ou seja ,a despesa do município que estará envolvendo 03 secretária (Ação Social, Juventude e Educação), será 18 mil reais mês.

Fonte: JAF Publicidade & Assessoria/Mombacanews.com/CMM