Homem que matou a mulher no distrito de Marruás é preso pela Polícia Civil de Tauá

A Polícia Civil de Tauá cumpriu mandado de prisão e prendeu na tarde desta sexta-feira, 18, na Vila Macário, município de Catarina, o agricultor Davi Domingos Evangelista, autor de um crime de feminicídio, ocorrido no último domingo, 13, na localidade de Fechado Grande, no Distrito de marruás, na zona rural de Tauá.

No início daquela manhã, Davi assassinou a sua esposa Antônia Ivone Xavier, com pelo menos 10 facadas no interior da residência do casal e depois fugiu.

Logo que tomou conhecimento do crime, o Delegado Regional de Polícia Civil de Tauá, Gisleian Lima, representou pelo mandado de prisão preventiva do autor do feminicídio, mas antes que a prisão fosse decretada pelo Judiciário, Davi se apresentou na 14ª DP e deu sua versão para caso. Segundo ele, matou motivado por ciúme e traição.

Como o mandado de prisão ainda não havia sido expedido pela Justiça, Davi foi liberado após prestar depoimento. Nesta semana o Judiciário deferiu a representação feita pelo delegado e decretou a prisão preventiva do autor do crime, o que foi cumprido na tarde de hoje pela Polícia Civil.

Repórter Lindon Johnson