Guanabara e Princesa deverão assumir linhas que eram operadas pela Fretcar em Quixadá e outros municípios do Sertão Central

Com o fim do prazo estipulado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará previsto para este mês de março, segue a indefinição de qual ou quais empresas deverão assumir as linhas que eram feitas pela Fretcar em Quixadá e outras cidades do Sertão Central. A empresa não demonstrou interesse na renovação dessa bacia alegando a instabilidade do retorno financeiro nos próximos 10 anos devido ao grande número de topiques e transportes clandestinos que atuam nas regiões do Sertão Central e Maciço de Baturité.

De acordo com o site Fortalbus, a região do Sertão Central deverá ser dividido a operação entre a Expresso Guanabara e a Viação Princesa, ficando as duas responsáveis pelo atendimento de Fortaleza com as seguintes cidades: Quixadá, Quixeramobim, Banabuiú, Dep. Irapuan Pinheiro, Milhã Mombaça, Pedra Branca, Piquet Carneiro, Senador Pompeu, Solonópole via Quixadá entre outras.

Já o Maciço de Baturité poderá ser operado pela Via Metro e a Empresa São Benedito, atendendo as cidades de Acarape, Aracoiaba, Aratuba, Barreira, Baturité, Capistrano, Choró, Guaramiranga,Mulungu, Itapiúna, Pacoti, Palmácia, Redenção (setor rodoviário) entre outros.