Futebol: Jorge Jesus abre o jogo em entrevista e diz condição que o faria deixar o Flamengo

Mesmo com o contrato assinado até meados de 2020, a permanência de Jorge Jesus ainda tira o sono dos torcedores do Flamengo. Curtindo férias em Portugal, o técnico foi entrevistado pelo tradicional jornal português Record, e abriu o jogo sobre o que poderia fazê-lo deixar o clube da Gávea. Segundo o treinador, apenas um clube que entregue, na Europa, as mesmas condições de competição que o Rubro-Negro lhe dá no Brasil na briga por títulos.

“Se aparecer aquilo que é meu sonho, como tinha o sonho de ganhar pelo Flamengo, que me dê a oportunidade de disputar o título do país e chegar a uma final da Champions. Se nós ficarmos, o grande adversário do Flamengo vai ser o Flamengo”, disse o português.

Com o trabalho arrasador no futebol brasileiro, onde faturou as tacas da Conmebol Libertadores e do Campeonato Brasileiro, Jorge Jesus admitiu que entrou na mira de equipes do futebol chinês, que vieram ao Rio de Janeiro para tentar contratar o Mister para a Ásia.

“O que me levou ao Brasil foram os objetivos desportivos: conquistei a Libertadores, estive em um campeonato do mundo. Se fosse por questões financeiras, ia para a China. Tive contatos de duas equipes da China que fariam de mim um dos treinadores mais bem pagos do mundo, se não o mais bem pago. E não fui. Estiveram no Brasil para fazer contato comigo”, disse o técnico, que não descartou desembarcar na Ásia no futuro.

“Neste momento ando à procura daquilo que foi sempre a minha paixão, que é o futebol, aquilo que me dá prazer. Não quer dizer que não vá parar na China, mas não é agora”, afirmou.

Fonte: Fox Esporte