Fortaleza empata sem gols com o Vila Nova e segue líder invicto na Série B

O Fortaleza continua invicto na Série B do Campeonato Brasileiro. O Leão segurou o empate sem gols contra o Vila Nova no Serra Dourada e segue líder absoluto da competição. O resultado foi positivo para o Tricolor, que chegou aos 23 pontos e agora tem uma margem de cinco para o segundo colocado, CSA.

A “lei do ex” passou perto de acontecer, já que Alan Mineiro teve a oportunidade de cobrar um pênalti aos 24 minutos do segundo tempo, mas o goleiro Marcelo Boeck defendeu o chute do camisa 10 do Vila. O técnico Rogério Ceni reclamou muito depois do lance e acabou sendo expulso de campo. A exclusão faz com que ele não possa ficar na borda do gramado na próxima partida.

O Fortaleza reclamou de um pênalti ainda no primeiro tempo, sobre Marlon, que recebeu uma carga do zagueiro do time Goiano nas costas, mas o árbitro Vinícius Furlan entendeu lance normal.

O Leão volta a campo no sábado, às 16h30min, novamente fora de casa, contra o São Bento-SP. O jogo marca o encontro dos dois times que ainda não perderam na Série B.

O Jogo

O primeiro tempo foi bem controlado. A tricolor mantinha uma maior posse de bola e tentava atacar bem mais que o adversário, que se fechava bem e tentava sair em contra-ataques. Numa das investidas do Fortaleza, aos 15 minutos, Wesley Matos fez uma carga nas costas de Marlon na grande área. O meia tricolor pediu pênalti, mas o árbitro entendeu como lance normal.

A melhor chance do Fortaleza nos primeiros 45 minutos foi com Dodô, que recebeu uma bola de Edinho e na meia lua, livre de marcação, tentou um chute alto, mas viu a bola passar por sobre o travessão. O Vila parecia motivado com a possibilidade de quebrar a invencibilidade tricolor e mostrava mais sede nas investidas, mas conseguiu poucas.

Na volta do intervalo o Tigre voltou mais aceso e deu a impressão de que pressionaria. O ímpeto não se manteve por muito tempo, mas aos poucos o equilíbrio da partida foi se estabelecendo. A posse de bola foi ficando mais parecida, os goianos ultrapassaram o Leão em termos de finalizações e até tentaram propor mais o jogo.

A chance de pular na frente do placar se apresentou para o Vila Nova com o pênalti inexistente marcado de Ligger sobre Felipe Silva, que não foi convertido em gol. Rogério Ceni reclamou do lance e acabou sendo expulso de campo, o que implica em não poder ficar na beira do gramado no jogo de sábado, diante do São Bento.

Desperdiçar a penalidade fez o Vila Nova se mandar para o ataque e na reta final do jogo o Leão passou certo sufoco. Em chute de Moacir, já aos 41, Boeck evitou o gol mais uma vez e garantiu a igualdade sem gols no placar.