FHC apoia Tasso na escolha da campanha que admite erros do PSDB

O ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, um dos caciques do PSDB, manifestou apoio, nessa quinta-feira (17), ao presidente interino do partido, o senador cearense Tasso Jereissati, pela escolha de admitir os erros da legenda no programa político, veiculado nacionalmente na noite de ontem.

“Nessa nova sociedade, mentiu, morreu. Tem que dizer as coisas. Tem que dizer com sinceridade: ‘Acredito, não acredito, penso, não penso, estou errado, errei’. Se o PSDB fizer isso… Vi muita crítica ao Tasso (Jereissati) por causa do programa, mas ele (programa) falou isso: ‘Erramos? Erramos, fazer o quê?’ Vai dizer que não erramos? Não foi um erramos, alguns erraram, mas está bem, você está falando pelo partido, tem que dizer que erramos, não tem outro jeito. Isso quer dizer mea-culpa, máxima culpa? Não é isso, o erro em política se resolve com nova proposta. Se (os partidos) forem capazes de avançar, sobrevivem”, disse FHC ao O Globo.

Entenda

O programa político do PSDB veiculado em rede nacional de televisão foi encomendado por Tasso com o intuito de admitir os erros e desvios do partido. O tom da propaganda causou desconforto em parte do tucanato.

Cearanews