“Felizes”, novos reforços são apresentados no Fortaleza

O Fortaleza apresentou, na tarde de ontem, seus mais novos reforços para a sequência da temporada. Paulo Sérgio e Vinícius Pacheco estiveram nas dependências do Estádio Presidente Vargas – onde o Tricolor de Aço realizou seu treinamento – vestiram a camisa leonina, foram oficializados e falaram para o torcedor. Paulo Sérgio, atacante que marcou mais de 200 gols pelas categorias de base do Flamengo e, depois de rodar por vários clubes e países, estava no Seongnam Ilhwa, da Coréia do Sul. O atleta tinha apresentação agendada para terça passada, no Alcides Santos, porém alguns detalhes burocráticos adiaram o protocolo. Aos 31 anos, Pacheco chega por empréstimo do Avaí, onde não estava tendo grandes oportunidades com o técnico Claudinei Oliveira.

“Eu digo que estou bem contente em chegar na equipe do Fortaleza, bastante motivado pela oportunidade, com muita positividade para alcançarmos nossas metas. Feliz já pelo treinamento de hoje [ontem], estava parado há uns dias esperando os trâmites, já fiz dois gols no treino e já me motiva ainda mais, muito feliz pela receptividade do grupo, me sentindo em casa e já estou doido para fazer minha estreia com a camisa do Fortaleza. Estou pronto pra guerra, todo esforço é válido”, disse Paulo Sérgio.

“Chego feliz ao Fortaleza e nosso objetivo maior aqui é conseguir o acesso, a gente vai trabalhar muito duro para conseguir esse objetivo”. Sobre como gosta de atuar, Pacheco afirma “jogar em todas” e que está pronto para entrar em campo. “Tenho facilidade de atuar mais pelo meio-campo, mas também jogo pelas beiradas, direita e esquerda, fisicamente estou bem, vinha trabalhando normalmente no Avaí e se o professor optar por me usar eu estou preparado para entrar em campo já no domingo sem dúvidas”, explica Vinícius.

Fortalecer

Os atacantes chegam para encorpar o setor ofensivo do Fortaleza, que era um dos destaques da equipe na Série C (ainda ostenta o posto de mais efetivo até aqui com 12 gols). Ambos – que estão devidamente regularizados já que seus nomes foram publicados no Boletim Informativo Diário (BID) – desempenham mais de uma função no ataque, dando mais opções ao técnico Paulo Bonamigo. Porém, a vaga de centroavante é a que mais precisa de reposição. Hoje, o plantel tricolor conta com Lúcio Flávio (que esteve lesionado, mas já está recuperado) e Leandro Cearense (que teve algumas chances, entretanto não desencantou).

Jornal o Estado CE