Eleições 2020: Policia Realizou Mais Uma Operação Para Combate a Compra de Voto.

A Polícia Federal (PF) cumpriu nesta quarta-feira (11) seis mandados de busca e apreensão na casa de candidatos e cabos eleitorais no município de Apuiarés, distante120 km de Fortaleza, para apurar a prática dos crimes de compra de votos e corrupção eleitoral. Uma farmácia também foi alvo da operação, realizada pelo Ministério Público Eleitoral em parceria com a PF.

Denominada como “Operação Alquimia”, a ofensiva investiga a prática de possível crime de captação ilícita de sufrágio, mais conhecido como compra de votos. De acordo com o Ministério Público, uma farmácia entregava medicamentos a eleitores que eram custeados por candidatos. Segundo as investigações, os postulantes estariam oferecendo as medicações como moeda de troca por votos.

A investigação aponta, ainda, que o estabelecimento comercial tinha ciência da prática ilegal, e mesmo assim vendia e entregava os medicamentos.

Segundo o promotor Jairo Pequeno Neto, da 50ª zona eleitoral, responsável por fiscalizar a eleição em Apuiarés, a conduta de candidatos e apoiadores pode desequilibrar a disputa eleitoral, por meio do abuso de poder econômico, maculando o princípio da normalidade das eleições.

As investigações tiveram início após o MP ter acesso a documentos que apontavam os indícios dos crimes. Entre os documentos estavam cupons de compra de medicamentos, muitos deles acompanhados de receituário médico, identificando o beneficiário da medicação e candidatos e apoiadores responsáveis pela compra.

Havia ainda documentos com anotações de controle financeiro, com indícios de distribuição de valores para compra de votos.

fonte:Portal G1-Ce/MBCnews