Danilo Forte quer enfraquecer MP e dificultar novos acordos de delação premiada

O presidente da Comisão Especial do Código de Processo Penal na Câmara dos Deputdos, Danilo Forte (PSB), quer tirar das mãos dos promotores do Ministério Público o poder de negociar os termos dos acordos de delação premiada, passando-o para os juízes. A medida visa a dificultar o fechamento de novas delações e atacar a Operação Lava Jato.

Danilo Forte e outros deputados federais querem incluir a mudança no relatório de João Campos (PRB) e votá-o até setembro deste ano. A manobra é um golpe contra uma das maiores fontes de força da Lava Jato, que são as delações premiadas. Hoje, os promotores do Ministério Público são responsáveis por definir os termos dos acordos de delação, enquanto os juízes decidem se homologam ou não o acerto.

Com informações da colunista Lydia Medeiros (O Globo)