Dallagnol pediu a Moro dinheiro da Vara Federal para pagar publicidade, diz site

Em novos diálogos pelo Telegram entre procurador e ex-juiz divulgados pelo jornalista Reinaldo Azevedo e o site The Intercept Brasil, Dallagnol pergunta se podem ser usados R$ 38 mil da 13ª Vara Federal de Curitiba em campanha

O jornalista Reinaldo Azevedo e o site The Intercept Brasil divulgaram novos diálogos entre o procurador Deltan Dallagnol e o ex-juiz Sérgio Moro. De acordo com eles, o hoje ministro da Justiça autorizou que R$ 38 mil fossem usados pela 13ª Vara Federal de Curitiba, onde atuava, para pagar uma campanha publicitária das Dez Medidas Contra a Corrupção.

No diálogo divulgado, Dallagnol pergunta a Moro se um dinheiro antigo destinado a Vara possa ser usado, mas alerta que, caso isso venha a afetar a imagem da Lava Jato, é possível criar um crowdfunding.

Confira o diálogo divulgado:

13:32:56 Deltan – Vc acha que seria possível a destinação de valores da Vara, daqueles mais antigos, se estiverem disponíveis, para um vídeo contra a corrupção, pelas 10 medidas, que será veiculado na globo?? A produtora está cobrando apenas custos de terceiros, o que daria uns 38 mil. Se achar ruim em algum aspecto, há alternativas que estamos avaliando, como crowdfunding e cotização entre as pessoas envolvidas na campanha. 13:32:56: Deltan – Segue o roteiro e o orçamento, caso queria (sic) olhar. O roteiro sofrerá alguma alteração ainda

13:32:56: Deltan – Avalie de modo absolutamente livre e se achar que pode de qq modo arranhar a imagem da LJ de alguma forma, nem nós queremos.

Em seguida, Deltan envia documentos em formato pdf a Moro, mostrando o valor das campanhas

No dia seguinte, o então juiz responde:

10:20:56 Moro – Se for só uns 38 mil achi (sic) que é possível. Deixe ver na terça e te respondo.

Fonte: Último Segundo iG