Comércio cearense registra alta de 0,5% em abril

Apesar do resultado, Estado amargou perdas no volume de vendas de 7,5% no comparativo com o mesmo período do ano passado

As vendas do comércio cearense apresentaram alta de 0,5% em abril, no comparativo com o mês de março. O percentual consta na Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Apesar da elevação, a atividade varejista no Estado amargou perdas de 7,5% na comparação entre o mês de abril de 2017 com relação ao mesmo período do ano passado.

A maior retração registrada diz respeito às atividades ligadas à venda de móveis, com 36,8%, seguida de combustíveis e lubrificantes (29,3%). Houve queda também na venda de eletrodomésticos, com redução de 10,6% na comparação abril de 2016 com abril de 2017.

No entanto, algumas atividades despontaram. É o caso de livros, jornais e revistas e papelaria, com alta de 20,1% no volume de vendas. Equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação tiveram alta de 10,7%. Por fim, artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, remédios, perfumaria e cosméticos registraram alta de 5,5%.

Nacional

Em abril de 2017, o comércio varejista nacional registrou alta de 1,0% em volume de vendas e de 1,3% em receita nominal, frente ao mês de março, após ajuste de influências sazonais (datas comemorativas). O resultado para o volume de vendas compensou parte da queda de 1,6% acumulada nos dois meses anteriores.

Fonte; FCDL