Cid Gomes alcança maior votação da história de um senador no Ceará; Eduardo Girão surpreende e fica com a segunda vaga

A eleição para as duas vagas do Senado no estado do Ceará trouxe uma grande surpresa: O candidato do PROS, Eduardo Girão que disputava sua primeira eleição foi eleito com mais de 1,3 milhões de votos. Ele superou em uma disputa bastante acirrada e que só foi decidida nas últimas urnas, o atual Presidente do Senador e que concorria a reeleição, Eunício Oliveira do MDB, por pouco mais de 11 mil votos.

A primeira vaga para o Senado ficou com o ex-governador do estado do Ceará, Cid Gomes do PDT, que com 3.228.533 milhões de votos, ou 41,62% alcançou a maior votação da história de um candidato ao congresso no estado.

A eleição de Eduardo Girão foi uma surpresa para muitos e contrariou todas as pesquisas de intenções de votos divulgadas até a véspera da eleição. Os dois deverão tomar posse no dia 1º de fevereiro para ocupar as vagas deixadas por Eunício Oliveira (MDB) e José Pimentel (PT) que deixam o Senado após 8 anos.